sexta-feira, 29 de maio de 2009

Erva daninha - história (1)

Estava sentada na beira da cama et tu penetravas-me com o teu olhar sério. Tinhas um ar muito pensativo. Aproximaste-te de mim sem fazer barulho e paraste. Abrindo meus joelhos, te colocaste de pé, ali no meio das minhas pernas. Passaste tua mão direita suavemente no meu rosto e no meu cabelo. Eu abracei-te, apertando tua cinta com força. Tu recuaste um passo para trás para olhar de novo para mim. Uma lágrima estava prestes a cair, mas passaste logo um dedo para retê-la. Puseste-te de joelhos e seguraste minha cara com ambas as mãos. Eu fiz um leve sorriso e tu respondeste com o esboço de outro sorriso. Ainda não tinhas pronunciado nenhuma palavra quando começaste a sussurrar ao meu ouvido. Uma lágrima começou de novo a escorrer pelo meu rosto mas tu travaste-a rapidamente ...com tua língua. Língua essa que pousaste de seguida nos meus lábios desenhando com ela os seus contornos. Paraste para me abraçar e devagarinho me deitaste para trás sobre o colchão.


Lady Li (Lili)


(continuação brevemente..)

1 comentário:

  1. hummm.... esse "brevemente" vai ser mesmo "brevemente"!!!!!

    rss....
    bjão

    ResponderEliminar